Um pouco da História dos escargots e dos homens
 

HELIX: Nome originado do Latim, significa hélice, espiral.

Do movimento espiralado de sua concha originou-se o nome científico dos escargots do gênero Helix sp.

Assim como a palavra HELIX, também a palavra escargot evoca o movimento da concha desse curioso animal.

A beleza arquitetônica da concha do escargot desperta interesse e admiração por seu desenvolvimento espiralado.

A espiral da concha do escargot era tida como uma manifestação de um movimento vital giratório e fez surgirem alguns mitos de ordenação do mundo.

A concha descreve uma espiral logarítmica cuja propriedade essencial é crescer sem alterar sua forma. Ela se enrola em torno de um eixo e avança pouco a pouco dilatando-se cada vez mais.

E, tal qual o movimento evolutivo de sua concha, evoluiu também o conhecimento dos Homens sobre os Escargots: do ponto de vista do conhecimento científico e sobretudo em relação ao valor nutricional, ao sabor e excelência de sua carne.

Cercado de mistérios, desinformação e preconceitos o escargot atravessa a História juntamente com os Homens.

Na natureza, ele surgiu antes do homem. Desde a pré-história, o homem vem consumindo escargots, como atestam achados arqueológicos no norte da África e na Europa.

Os romanos e os gregos, desde o século IV antes de Cristo também se alimentavam de escargots. É sabido que os romanos, durante suas campanhas de conquista da Europa, levavam escargots para serem abatidos e consumidos durante as comemorações de vitórias em suas batalhas.

Na França, na Idade Média, os escargots eram estocados nos conventos para serem consumidos nos períodos de escassez de víveres.

Existem também relatos de que marinheiros franceses, espanhóis e portugueses levavam escargots em tonéis de madeira, durante suas viagens, a fim de consumi-los como carne fresca.

A palavra escargot aparece na França no século XVI.

O animal recebe denominações diversas nas diferentes línguas faladas ao redor do mundo. No entanto, à mesa, sua carne é internacionalmente identificada pela palavra francesa escargot.

Inglês  - snail
Espanhol - caracol
Português - caracol
Alemão - schnecke
Italiano - lumacche

O escargot foi também utilizado pelos romanos como amuleto contra febres e maus olhados.

Na África, o escargot entra nas preparações mágicas relacionadas à potência e à fertilidade masculinas, o mesmo ocorrendo no Brasil, nos rituais de umbanda, também relacionados à sexualidade, fertilidade e à potência masculinas.

Mas, foi na mesa que se deu a vitória final dessa batalha entre o bem e o mal da qual o escargot tornou-se o grande vencedor.
E a vitória somente se concretizou a partir dos anos 1950, na França, quando o escargot teve sua consagração definitiva.
Símbolo da gastronomia francesa, rapidamente extrapolou fronteiras, alcançando o paladar internacional.

No Brasil, os escargots chegaram com os imigrantes italianos e alemães, no início do século XX. Sua criação caseira, para consumo exclusivamente familiar, ocorreu nos estados do sul do Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul.

Somente no final dos anos 70 e início dos anos 80 é que a criação de escargots se expandiu com finalidade comercial graças ao trabalho de alguns aficionados, dentre eles o Eng. Agrônomo e produtor rural Carlos Alberto da Fonseca Funcia.

Degustar a carne de escargots é uma questão de paladar!  E também de vencer preconceitos, de ter acesso ao conhecimento e à informação sobre as qualidades inegáveis dessa delícia de estranha forma e comportamento.

Reverenciada no mundo todo pelos verdadeiros conhecedores e apreciadores do sabor, HELIX chega agora ao Brasil, com sabor e qualidade internacional.